DE AMIGO

Sussurrou-me ao ouvido
O vento uma canção
Contando da amizade
Que brotou em nosso chão.

Dizia-me:
Dá-lhe o recado.
Não murche,
Não entristeça.
Não há no mundo
Quem mereça
Abater-te e ferir.

Diga também sinceramente:
Sou-te irmão e estou contigo.
Se chorares e sofrerdes,
Saibas, tens ombro amigo.
Até que a vida, a vida plena,
Una-nos todos definitivamente.

Fiz as do vento minhas palavras.

Comentários

Postagens mais visitadas