O ADEUS

ADEUS -
eis o imperativo
inapreensível [pela compreensão]
impositivo [perante o existir]
necessário [por força-maior]
bilhete único
- sem troca -
para o NOVO
desvelado
do NADA
da destruição
e aniquilação
de tudo-por-tudo
no entremeio
de engrenagens
que movem
o engenho
chamado
HOMEM-no-TEMPO

Comentários

Postagens mais visitadas